João Suruí

João Henrique de Oliveira tem 67 anos. Chegou ao Rio de Janeiro com apenas 13 anos de idade e poucas mudas de roupas.Vindo da Ilha da Madeira, Portugal,conta que passou 10 dias e 10 noites em um navio e lembra os anseios e os temores da viagem e das mudanças em sua vida.

Instalado no Brasil, encarava todo tipo de trabalho, desde que fosse honesto, para se manter e alcançar seus objetivos. Aos 20 anos, comprou um caminhão e passou a fazer transporte de cargas.

 

Em 1970 comprou uma parte da propriedade onde ainda mora e cultiva plantas.

Desde essa data trabalha na terra. Cultivou durante muitos anos “coisas da roça” - legumes, verduras e tubérculos - e apenas nos últimos 15 anos passou a cultivar plantas ornamentais, acompanhando, depois de alguma resistência, a tendência de Guaratiba.

Sua produção é focada em plantas de médio e grande porte. Produz tipos variados de palmeiras, patas-de-elefante( Beaucarnea recurvata ) , pândanos ( Pandanus utilis ), entre muitas outras, e sua excelência se mostra especialmente no plantio de sagu (Cycas revoluta) sempre verdes e brilhantes.
 

Atualmente, trabalha diariamente em uma área de aproximadamente 56.000m², junto com sua companheira Leila, e mais um funcionário. Quando o trabalho aumenta conta com ajuda extra da família e de poucos contratados temporários.

Seu João do Sagu ou João Suruí lamenta as mudanças do clima e afirma as alterações desta no cultivo de plantas. As dificuldades do cultivo preocupam mas não param seu João.

veja + fotos!

DSC_0097
DSC_0076
DSC_0066
DSC_0018
DSC_0099
DSC_0012
DSC_0005
DSC_0041
DSC_0031